São Paulo +55 (11) 3842 1383 - Belo Horizonte +55 (31) 3318 9703

    • pt-br
    • en
    • es

Áreas Contaminadas

Áreas Contaminadas

Avaliação de Risco à Saúde Humana

O objetivo principal da etapa de avaliação de risco é a identificação e quantificação dos riscos à saúde humana, decorrentes de uma área impactada, uma vez que a saúde humana e a segurança da população devem ser priorizadas.

As metodologias de avaliação de risco são baseadas em princípios de toxicologia humana e no conhecimento das propriedades físico-químicas e comportamento ambiental dos contaminantes.

A identificação e quantificação dos riscos, em uma determinada área contaminada, subsidiará a definição dos objetivos a serem atingidos na remediação e das medidas corretivas a serem adotadas.

A base inicial de dados para execução da avaliação de risco é constituída pelas informações coletadas na etapa de investigação detalhada e etapas anteriores, acrescidas de outras informações sobre a toxicologia dos contaminantes envolvidos, os cenários de uso e ocupação do solo e as variáveis de exposição configuradas na área.

A MultiGeo conta com especialistas em desenvolvimento de projetos de Avaliação de Risco à Saúde Humana baseados em metodologias como o Risk Assessment Guidance for Superfund – Human Evaluation (USEPA, 1989), Risk Based Corrective Action (RBCA) e Planilhas de Risco CETESB.

Nossa equipe está preparada para o desenvolvimento de um Plano de Intervenção tecnicamente defensável, bem como economicamente viável, com base na caracterização do risco, gerando estratégias institucionais de engenharia, monitoramento e/ou de remediação que embasarão a correta condução técnica de processos de remediação e revitalização de áreas contaminadas.

Due Diligence

A MultiGeo realiza também estudos e auditorias focados em informações de viabilidade econômica de grandes negócios com base nos aspectos ambientais do empreendimento.

As auditorias são conduzidas de forma a identificar aspectos ambientais que estejam em desconformidade legal, em desconformidade com a política corporativa, que não estejam em consonância com uma gestão ambientalmente sustentável e/ou que possam representar potenciais passivos ambientais às operações futuras do cliente.

Avaliação Preliminar

Nesta etapa os profissionais da MultiGeo realizam um diagnóstico inicial das áreas com potencial de contaminação (APs) e/ou áreas com suspeita de contaminação (ASs), fazendo um levantamento detalhado de informações disponíveis sobre cada uma das áreas através de inspeções de campo.

A execução dessa etapa possibilitará o levantamento de informações sobre cada área potencial de modo a subsidiar o desenvolvimento das próximas etapas do gerenciamento de áreas contaminadas, documentar a existência de evidências ou fatos que levem a suspeitar e/ou confirmar a contaminação nas áreas em avaliação, possibilitando sua classificação como AS (Área Suspeita), AP (Área Potencial) ou excluí-la do cadastro, estabelecer o modelo conceitual inicial de cada área em avaliação e verificar a necessidade da adoção de medidas emergenciais nas áreas.

Os dados obtidos na avaliação preliminar permitem atualizar o Cadastro de Áreas Contaminadas e indicar a sequência de etapas que deverão ser executadas dentro do gerenciamento de áreas contaminadas, visando racionalizar recursos técnicos e econômicos.

Investigação Confirmatória

Com base nos dados levantados na etapa de Avaliação Preliminar, como o modelo conceitual e o plano de amostragem, a equipe MultiGeo realiza sondagens com posterior instalação de poços de monitoramento, para a coleta de solo e água subterrânea com o objetivo de confirmar ou não a existência de contaminantes em subsuperfície. s

Dessa forma, os resultados obtidos na etapa de investigação confirmatória são importantes para subsidiar as ações do órgão gerenciador ou órgão de controle ambiental na definição do responsável pela contaminação e dos trabalhos necessários para a solução do problema.

Após a tomada de amostras de solo e água subterrânea deve ser feita a interpretação dos resultados das análises realizadas nas amostras coletadas, pela comparação dos valores de concentração obtidos com os valores de concentração estabelecidos em listas de padrões, definidas pelo órgão responsável pelo gerenciamento de áreas contaminadas.

Investigação Detalhada

Na etapa de investigação detalhada o objetivo é quantificar a contaminação, isto é, avaliar detalhadamente as características da fonte de contaminação e dos meios afetados, determinando-se as dimensões das áreas e volumes contaminados, os tipos de contaminantes presentes e suas concentrações. Da mesma forma, devem ser definidas as características das plumas de contaminação, como seus limites e sua taxa de propagação.

A finalidade é subsidiar a avaliação de risco e a concepção de um projeto tecnicamente adequado, legalmente cabível e viável, para cada caso de contaminação, visando prevenir danos presentes e futuros à saúde e segurança pública, ao meio ambiente e outros bens a proteger.

A MultiGeo utiliza técnicas e softwares avançados defensáveis, junto aos órgãos reguladores, adequando o seu projeto às particularidades de cada área sempre levando em consideração o custo-benefício.

imagem 5

Avaliação de Risco à Saúde Humana

O objetivo principal da etapa de avaliação de risco é a identificação e quantificação dos riscos à saúde humana, decorrentes de uma área impactada, uma vez que a saúde humana e a segurança da população devem ser priorizadas.

As metodologias de avaliação de risco são baseadas em princípios de toxicologia humana e no conhecimento das propriedades físico-químicas e comportamento ambiental dos contaminantes.

A identificação e quantificação dos riscos, em uma determinada área contaminada, subsidiará a definição dos objetivos a serem atingidos na remediação e das medidas corretivas a serem adotadas.

A base inicial de dados para execução da avaliação de risco é constituída pelas informações coletadas na etapa de investigação detalhada e etapas anteriores, acrescidas de outras informações sobre a toxicologia dos contaminantes envolvidos, os cenários de uso e ocupação do solo e as variáveis de exposição configuradas na área.

A MultiGeo conta com especialistas em desenvolvimento de projetos de Avaliação de Risco à Saúde Humana baseados em metodologias como o Risk Assessment Guidance for Superfund – Human Evaluation (USEPA, 1989), Risk Based Corrective Action (RBCA) e Planilhas de Risco CETESB.

Nossa equipe está preparada para o desenvolvimento de um Plano de Intervenção tecnicamente defensável, bem como economicamente viável, com base na caracterização do risco, gerando estratégias institucionais de engenharia, monitoramento e/ou de remediação que embasarão a correta condução técnica de processos de remediação e revitalização de áreas contaminadas.

Due Diligence

A MultiGeo realiza também estudos e auditorias focados em informações de viabilidade econômica de grandes negócios com base nos aspectos ambientais do empreendimento.

As auditorias são conduzidas de forma a identificar aspectos ambientais que estejam em desconformidade legal, em desconformidade com a política corporativa, que não estejam em consonância com uma gestão ambientalmente sustentável e/ou que possam representar potenciais passivos ambientais às operações futuras do cliente.

REMEDIAÇÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS

imagem 7

Estudo Prévio de Viabilidade de Alternativas de Remediação

A MultiGeo, previamente, desenvolve um estudo de viabilidade técnica-econômica com base nas metas estabelecidas através do estudo de Avaliação de Risco à Saúde Humana. O objetivo é identificar a melhor técnica aplicável levando em consideração os aspectos econômicos, financeiros, físicos e operacionais, sempre buscando o cumprimento dos prazos, redução das concentrações das substâncias químicas de interesse e relação custo-benefício.

Neste aspecto, o know-how da MultiGeo possibilita a aplicação de técnicas mundialmente conhecidas, bem como técnicas emergentes dentro de um amparo legal e defensável junto aos órgãos reguladores.

Investigação para Remediação, Teste Piloto em Campo e Laboratório, e Projetos de Remediação

Posteriormente à escolha da (s) técnica (s) aplicável (eis), a MultiGeo realiza a investigação para remediação e testes, os quais embasarão a aplicação da referida técnica, definindo assim as premissas do projeto de remediação.

Engenheiros, biólogos e geólogos, especialistas na área, estão preparados para o correto dimensionamento e execução do projeto de remediação ambiental.

As principais técnicas desenvolvidas são:

  • Multhi-Phase-Extraction (MPE)
  • Dual-Phase-Extraction (DPE)
  • Soil Vapor Extraction (SVE)
  • Air Sparging (SPG)
  • Pump & Treat
  • Barreira Hidráulica
  • Barreira Reativa
  • Oxidação Química in Situ (ISCO)
  • Redução Química in Situ (ISCR)
  • Biorremediação
  • Atenuação Natural

Outras técnicas emergentes
Atendemos clientes de diversos segmentos, tais como:

  • Aterros sanitários

Passivo Ambiental

  • Avaliação Preliminar
  • Investigação Confirmatória
  • Investigação Detalhada
  • Avaliação de risco
  • Remediação

São Paulo
Rua Funchal 19, 8º andar
Vila Olímpia São Paulo - SP
CEP 04551-060
Belo Horizonte
Av Francisco Sá 1.213, sala 1.301
Gutierrez Belo Horizonte - MG
CEP 30441-021

São Paulo +55 (11) 3842 1383